Vacinação em massa para 13 municípios da fronteira de MS é lançada em Corumbá

No dia 02 de julho o Secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende e o Presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS) Rogério Leite deram início à campanha de vacinação em massa, de pessoas com mais de 18 anos, de 13 municípios da região de fronteira de Mato Grosso do Sul.

O Estado recebeu um lote adicional, especificamente para o estudo VEBRA COVID-19, com 165.5 mil doses da vacina Janssen, que possui dose única, os municípios receberam 70% na primeira remessa, enviada ontem, dia 01/07, e na segunda, será entregue os 30%.

Durante abertura oficial, o Presidente do Conselho, Rogério Leite afirmou que todo Estado está ganhando “todo o Estado está sendo beneficiado, este lote é adicional, assim as doses que seriam para estas 13 cidades serão distribuídas para os 66 municípios. Estamos realizando um importante trabalho, construímos um elo ímpar, resultado de comprometimento de toda esquipe, da SES, Cosems MS e Municípios”.

Emocionado o Secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende relatou “fico muito feliz em estar em Corumbá, um momento histórico, acredito que é a maior conquista que tivemos no enfrentamento à Covid, esse estudo servirá de referência para o Brasil e para o mundo, trabalhamos durante três meses, tivemos o apoio do Cosems, que embalou esse sonho, e de todos agentes políticos”.

“Nosso estado está em primeiro lugar na imunização devido a diversos atores, começando pelo Secretário de Estado Geraldo Resende, todos os gestores municiais, os servidores da SES, dos quais citamos Dra. Cristine Maimone, Coronel Frahia, a Larissa, e todos aqueles que estão na ponta”, conclui o Presidente.

Estudo

A imunização em massa dos municípios de fronteira faz parte de um estudo da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e diversas outras instituições, e vai beneficiar moradores de cidades que fazem divisa como Paraguai e a Bolívia. São elas Corumbá, Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Japorã, Ladário, Mundo Novo, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho e Sete Quedas.

Servirá para gerar evidências científicas, sobre a efetividade da vacina da Janssen para a nova variante Gamma (P1). Encabeçado pelo infectologista Júlio Crodda através do grupo VEBRA COVID-19, com o apoio da Opas (Organização Pan Americana da Saúde) e é composto por diversas instituições, como Fiocruz, UFMS, Stanford University, Yale university, Instituto de Salude Global de Barcelona, Universidade da Florida, entre outras.

Foto: Clóvis Neto

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

US,RU,IN,UK,UA,GH,CN,DE,JP,PL,CA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =